Partilhar

A Confirmação Colombiana!

148 quilómetros entre Tortoli e Cagliari marcaram a 3ª e última jornada antes do dia 1º de descanso no centenário do Giro d’Italia.

Michele Scarponi foi relembrado nos primeiros quilómetros a jornada.

A fuga do dia foi constituída por Jan Tratnik (CCC), Ivan Rovny (Gazprom – Rusvelo) Eugert Zhupa (Wilier Triestina) e Kristian Sbaragli (Dimension Data). Este último só se manteve na fuga até ao sprint intermédio altura em que regressou ao pelotão, a 112km para o fim.

A fuga do dia já sem o italiano da Dimension Data.

Com a Lotto – Soudal a comandar o pelotão e a controlar a fuga, esta foi alcançada a cerca de 30km do fim. Nesta altura, os principais líderes chegaram-se à frente do pelotão tendo em conta o vento forte que se fazia sentir. O pelotão fraccionou-se por completo, muito por culpa de Bob Jungels (Quick – Step Floors) que viu o seu colega de equipa Fernando Gaviria bater Rüdiger Selig (Bora – Hansgrohe) e Giacomo Nizzolo (Trek – Segafredo), respectivamente.

O colombiano vence numa grande volta pela 1ª vez aos 22 anos.

Nairo Quintana (Movistar), Vincenzo Nibali (Bahrain – Merida), Steven Kruijswijk (LottoNL – Jumbo) e Geraint Thomas (Team Sky), Tom Dumoulin (Team SunWeb) e Rui Costa (Team UAE Emirates) chegaram no principal grupo, que viu os 7 fugitivos oriundos da bordeaux discutir a vitória. Gaviria parte para o dia de descanso na liderança da prova.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here