Partilhar

Etapa Clone Do Tour!

Após um dia de descanso, os ciclistas enfrentaram 181 quilómetros entre Cefalù e Etna, na primeira etapa de montanha da prova.

Num dia que muitos esperavam começar a decidir as contas da classificação geral, a fuga do dia foi constituída por Eugenio Alafaci (Trek – Segafredo), Jacques Janse van Rensburg (Dimension Data), Pavel Brutt (Gazprom – Rusvelo) e Jan Polanc (Team UAE Emirates). Alafaci foi o primeiro a perder o contacto, numa altura em que a Bahrain Merida tomou conta das despesas no pelotão.

A fuga do dia.

Paolo Tiralongo (Astana), ciclista que corria em casa, atacou mas tal não teve sucesso. Pierre Rolland (Cannodale – Drapac) tentou a sua sorte mas o ritmo forte no pelotão também não permitiu que tal movimento tivesse sucesso. Na frente, Polanc lutava já isolado contra o mundo.

Tiralongo tentou vencer em casa e dedicar a vitória em Scarpa.

Ilnur Zakarain (Team Katusha – Alpecin) foi o único a mexer com os favoritos, quando atacou a cerca de 2km’s do fim. No entanto, não foi suficiente para impedir Polanc de vencer. Zakarin conseguiu ganhar 10 segundos aos demais favoritos, que disputaram o 3º lugar na etapa e a respectiva bonificação.

Geraint Thomas bateu Thibaut Pinot no sprint pelo 3º lugar.

A Quick Step – Floors continua com a maglia rosa, mas no corpo de Bob Jungels. Quanto aos portugueses, Rui Costa (Team UAE Emirates) encontra-se na 17ª posição, José Gonçalves (Team Katusha – Alpecin) na 68ª e José Mendes (Bora – Hansgrohe) na 112ª.

Top-18 após a 4ª etapa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here