Partilhar

O 2º Monumento da Época está à porta. A 101ª edição do Tour des Flandres é marcada pela despedida, em território belga (tendo em conta que o final acontece no Paris – Roubaix), de Tom Boonen (Quick Step – Floors) e o regresso do Muur van Geraardsbergen.

O belga já fez diferenças no Muur, mas este ano está a 95 km’s, não representando perigo aparente.

À partida, o grande favorito é Greg van Avermaet (BMC Racing Team). O belga venceu 3 das 4 provas que antecipam a Clássica belga. O outro grande favorito é Peter Sagan (Bora – Hansgrohe) que tem sido o maior rival do Campeão Olímpico. Tom Bonen é um nome mais que evidente nesta lista, a par de Mathew Hayman (Orica – Scott), vencedor da edição de 2016 do Paris – Roubaix. Atenção ainda a Jens Keukeleire (Orica Scott), Oliver Naesen (AG2R La Mondiale) e Sep Vanmarcke (Cannodale – Drapac), trio que joga em casa.

Lista de inscritos para a prova.

Curioso será ver o que a Trek – Segafredo poderá fazer na primeira grande prova do pavé sem Spartacus. A Quick Step – Floors apresenta uma equipa apenas de especialistas neste tipo de terreno, pelo que a sua estratégia poderá influenciar toda a corrida. Nuno Bico e Nelson Oliveira (Movistar Team) estarão em prova, sendo que o último tem pretensões a um bom resultado.

Conseguirá a Quick Step levar Boonen novamente à vitória?

A corrida terá como pontos-chave o Oude Kwaremont e o Paterberg, numa extensão de 260 km’s. A prova pode ser acompanhada a partir das 13h na Eurosport.

Peter Sagan venceu a edição transacta fazendo diferenças no Paterberg.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here