Partilhar

258 quilómetros marcaram o 4º Monumento da época, a Liège – Bastogne – Liège. A prova começou com um minuto de silêncio em homenagem a Michele Scarponi, ciclista da Astana falecido ontem.

Minuto de silêncio sentido em todo o pelotão.

Tiago Machado (Katusha – Alpecin), Anthony Perez e Stéphane Rossetto (Cofidis), Mekseb Debesay (Dimension Data), Bart De Clercq (Lotto Soudal), Nick Van Der Lijke (Roompot), Fabien Grellier (Direct Energie) e Aaron Gate (Aqua Blue Sport) constituíram a fuga do dia. Uma fuga que foi alcançada muito tarde na jornada, levando-se mesmo a pensar que esta sairia vitoriosa. Rossetto e Tiago foram os últimos a serem alcançados a pouco menos de 10 km’s para o fim.

Tiago a comandar a fuga do dia.

Num pelotão onde dominaram predominantemente a Movistar, a Quick Step – Floors e a Sky, vários ataques surgiram antes da fuga ser alcançada, o que dificultou tal tarefa. Após o alcance da fuga, Tim Wellens (Lotto Soudal) tentou a sua sorte, mas em vão. Perto do final, Segio Henao (Team Sky) tentou fazer as diferenças mas foi o ataque em solitário de Davide Formolo (Cannodale – Drapac) que conseguiu uma vantagem significativa, embora pouca.

Formolo tentou a sua sorte.

No último quilómetro e meio, já na ascensão a Ans e à meta, Daniel Martin (Quick Step – Floors) saiu do restrito pelotão (onde ainda estava Rui Costa) e deixou Formolo “sentado”. Quando a vitória parecida que iria para o irlandês, Alejandro Valverde (Movistar Team) saiu do pelotão a 500 metros. Com uma mudança de ritmo incrível para o ciclista que vai fazer 37 anos na próxima Terça-feira, o Bala não deu hipóteses a Martin. Michal Kwiatkowski (Team Sky) fechou o pódio.

Valverde ergueu os braços pela 4ª vez na prova.

Valverde soma a 3ª vez que faz a dobradinha das clássicas belgas das Ardenas. Soma o 4º triunfo em Liège, ficando a um triunfo de Eddy Merckx. O Bala dedicou a vitória ao seu amigo Scarpa e dará o prémio a família do italiano.

Uma bonita homenagem por parte do Bala ao seu amigo que partiu.

Quanto aos portugueses, Rui Costa (Team UAE Emirates) fechou em 14º, José Gonçalves (Katusha – Alpecin) em 51º, Tiago Machado em 64º, André Cardoso (Trek Segafredo) em 69º, Ruben Guerreiro (Trek – Segafredo) em 88º e José Mendes (Bora – Hangrohe) em 100º.

Top-15 final da prova.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here