Partilhar

O 3º Monumento da época está à porta! Depois de um Tour des Flandres empolgante, a fasquia para o 116º Paris – Roubaix mantém-se elevada.

O público tem presença garantida.

Quanto ao percurso, não sofre grandes alterações. 257 quilómetros, 29 sectores de pavé, num total de 54,5 quilómetros de extensão pelos mesmos. A chegada será no mítico velódromo de Roubaix.

Perfil da 116ª edição.

Quanto a favoritos, Niki Terpstra (Quick Step – Floors) parte na linha da frente depois da conquista em Flandres. O holandês já venceu em Roubaix no ano de 2014. Para lá do holandês, as atenções estarão muito focadas nas segundas cartadas da equipa belga, nomeadamente Philippe Gilbert, Zdenek Stybar e Yves Lampaert. A juventude da equipa Trek com nomes como Jasper Stuyven e Mads Pedersen, aliada à experiência de gregários como Gregory Rast, deve ser tida em linha de conta. A coesão da equipa Sky não pode ser menosprezada, e é de incluir Geraint Thomas, Gianni Moscon e Dylan van Baarle na rota da vitória. Por fim mas não menos importante, Greg van Avermaet (BMC) e Peter Sagan (Bora – Hansgrohe). Ao contrário do ano anterior, este ano não se fala apenas destes dois nomes para a vitória. E este factor joga a factor deles.

Ciclistas inscritos.

Nos últimos 10 anos, os grande dominadores da prova foram Tom Boonen e Fabian Cancellara, com 3 e 2 triunfos respectivamente. No entanto é de salientar que todos os vencedores desde 2014 (inclusive estarão presentes. Os restantes, já se retiraram. Nelson Oliveira (Movistar) parte para a sua 5ª participação, numa edição que pode ser acompanhada no Eurosport a partir das 10h com comentários de Gonçalo Moreira, Paulo Martins e Olivier Bonamici.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here