Partilhar

179,2 quilómetros finalizaram a 43ª Volta ao Algarve, com chegada ao já mítico Alto do Malhão.

Perfil da etapa.

21 homens de 18 formações distintas formaram a fuga do dia. A primeira passagem no Alto do Malhão fez a primeira selecção de valores. O último elemento da fuga a ser apanhado foi José Gonçalves (Team Katusha – Alpecin), à entrada da 2ª passagem no Alto do Malhão, fruto de um enorme trabalho por parte da Team Sky e da W52 – FC Porto. Equipa portuense que viu o seu líder, Amaro Antunes, atacar a 2km’s do final rumo a uma vitória em casa.

Enorme vitória do algarvio.

Vicente de Mateos (Louletano – Hospital de Loulé) chegou num igualmente fantástico 2º lugar, precedido de Tiesj Benoot (Lotto Soudal). Michal Kwiatkowski (Team Sky) e Primož Roglič (Team LottoNL – Jumbo), chegaram logo a seguir, não havendo por isso alterações quanto ao líder da prova, e neste caso, vencedor final.

Vencedor final da prova.

Desde João Cabreira em 2006 que não havia uma vitória portuguesa na prova. Destaque ainda para a presença de Rinaldo Nocentini (Sporting Tavira) e Edgar Pinto (LA Alumínio – Metalusa) no top-10 final.

Top-10 final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here